Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2012

Massagens ao bebé

Imagem
As massagens fazem muito bem aos recém-nascidos: Ajudam a estabelecer um grau de intimidade física entre o bebé e a mãe, ao mesmo tempo que permite aprender a lidar com a criança através da ternura e do amor. Estimula o aparelho circulatório, digestivo e respiratório do bebé. Alivia a criança de algumas dores, como as cólicas por exemplo. Alguns estudos têm ainda demonstrado que as massagens podem ajudar a estimular o crescimento e desenvolvimento dos bebés prematuros. Não é preciso usar produtos especiais para das massagens ao bebé, bastando um pouco de creme hidratante para permitir que as mãos não magoem o bebé, ao mesmo tempo que deslizam melhor. O ideal seria mesmo fazer as massagens num local confortável, onde tanto o bebé como a mãe se sintam bem e ter uma luz suave de forma a ajudar a criar um ambiente harmonioso.

Os primeiros passos do bebé

Imagem
Quando o bebé começa a dar os primeiros passos é necessário ainda algum tempo para que possa praticar e ter segurança nos seus movimentos. Colocá-lo no solo a maior parte do dia e incentivá-lo a explorar a casa é importante, mas deve garantir a segurança do bebé e da sua casa para evitar estar constantemente a dizer-lhe que não pode fazer algumas coisas. Durante o primeiro ano o bebé aprende a coordenar os músculos da parte superior para baixo. Primeiro controla os movimentos da cabeça e do pescoço, depois os ombros e parte superior do torso. De seguida começa a usar os braços e a praticar a destreza. Desta forma vai adquirindo o controlo de todos os músculos do seu corpo. O bebé vai praticando e atinge uma sincronização tal que lhe permite alcançar finalmente o equilíbrio É ainda preciso ter em conta que cada criança se desenvolve de acordo com as suas características individuais.

Os benefícios da vitamina D nas crianças

Imagem
A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda a duplicação da quantidade de vitamina D para os lactentes, crianças e adolescentes. No ano de 2003 a AAP recomendaria 200 unidades internacionais (UI) do nascimento até aos dois primeiros meses de vida. Uma nova informação recomenda agora as 400 UI por dia. A vitamina D é um componente muito importante para ajudar a prevenir o raquitismo (é uma doença decorrente da mineralização inadequada do osso em crescimento). Uma criança com uma deficiência de vitamina D está muito mais susceptível a esta doença que lhe poderia causar deformidades a nível ósseo Uma dose adequada desta vitamina durante a infância também pode ajudar a reduzir o risco de osteoporose. Além disso, a experiência demonstra que esta vitamina tem influência no sistema imunológico, ajudando a prevenir infecções, cancro e diabetes nos adultos. A vitamina D pode ser encontrada em alguns alimentos. As crianças podem obter a quantidade adequada de nutrientes ao comer diariamen

O que acontece com os bebés depois do parto?

Imagem
Pouco depois do nascimento de um bebé , ele será avaliado na sua capacidade de adaptação à vida fora do útero da mãe. Para ajudar o bebé neste processo, ele é levado para uma unidade de aquecimento com uma fonte de calor, o que irá ajudar a reduzir a perda de temperatura. O nariz e a boca do bebé são limpos para o libertar de todas as secreções e ajudar nos esforços para respirar. O bebé deve começar a respirar após os primeiros 30 segundos a 1 minuto após ter nascido. O bebé será avaliado aproximadamente 5 minutos após o seu nascimento usando o índice de Apgar. A pontuação deste índice vai de 0 a 10. Uma pontuação com menos de 4 indica que a criança poderá necessitar de uma atenção especial por parte do pessoal médico. Durante muito tempo este índice foi utilizado como parâmetro para determinar as condutas do pediatra na sala de parto no atendimento ao recém-nascido. Um índice de Apgar de 6 ou menos no primeiro minuto de vida era considerado como relacionado à asfixia neonatal (isto